belief-22190_1920 - Cópia.jpg

ABERTURA

&

CONTABILIDADE

para IGREJAS

A IGREJA NECESSITA DE CONTABILIDADE?

Segundo a doutrina, a Contabilidade é a ciência que mede a realidade econômica de uma organização, com intuito de permitir o planejamento e controle adequados dela. A Contabilidade para Igreja segue os mesmos critérios de qualquer organização. Deve ser feito por um profissional da área, que tem por estudo o patrimônio das entidades, seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, escriturando os fatos e atos de natureza econômico-financeira que o afetam e estudando suas consequências na dinâmica financeira. Em síntese, a contabilidade é a ciência que mede a riqueza, ou seja, o patrimônio e a sua evolução.


Toda organização cadastrada no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é obrigada por lei a fazer e manter sua Contabilidade segundo os padrões, sejam elas entidades privadas, públicas ou sem fins lucrativos, como é o caso das Igrejas, Associações, Comunidades terapêuticas e ONGs.

 

Vale esclarecer que a atividade contábil só pode ser exercida por um profissional qualificado pelo Conselho Federal de Contabilidade, que emite permissão para este fim, podendo ser um contabilista em nível técnico ou contador com nível superior, desde que o mesmo tenha o respectivo registro ativo junto ao seu conselho de classe local, chamado Conselho Regional de Contabilidade – CRC.

books-2809968_1920.jpg

ENTÃO SIM, A IGREJA NECESSITA

TER A CONTABILIDADE ESCRITURADA

POR UM PROFISSIONAL HABILITADO!

Uma igreja por possuir natureza de uma pessoa jurídica está obrigada a escriturar sua CONTABILIDADE e mantê-la sempre em dia.

São necessários elaborar:

• Livro Diário;

• Livro Razão;

• Balancete de Verificação;

• Balanço Patrimonial;

• Demonstração de Resultado do Exercício (DRE).

business-861325_1920.jpg

“O Escritório de Soluções oferece três características que posso indicar: confiabilidade, capacidade de seus funcionários para realização das demandas de trabalho e sempre faz tudo dentro da lei”

 

Pr. Nilson Dias

“Quero fazer um agradecimento do fundo do meu coração, em meu nome e em nome da Igreja do Evangelho Quadrangular – Região 546 ao nosso querido Dr. Anderson Christofoletti pelos seus trabalhos prestados para nossa região, pela sua fidelidade, respeito, amor e carinho"

 

Pr. Adolfo Sarmento

“Eu recomendo a todos os pastores que tem me procurado que querem regularizar as suas documentações, a escrituração de seus livros caixas, eu recomendo o Pr. Anderson Christofoletti que tem sido uma pessoa da nossa inteira confiança”

 

Pr. Wagner Tscherne

“O Dr. Anderson é uma pessoa fantástica que pode ajudar você, não pense que ele é um escritório de contabilidade, o Dr. Anderson é um Escritório de Soluções"

 

Pr. Valdemar Zelioli

E-Book

Este e-book MANUAL PARA ABERTURA DE IGREJAS foi desenvolvido com o intuito de te auxiliar no processo de abertura e legalização, ele está baseado em 20 anos de experiência e vivência auxiliando igrejas, somos parceiros de ministérios e negócios!

Clique no e-book e baixe agora gratuitamente.

Manual de Abertura e Contabilidade para

NECESSIDADE

DE ENTREGA DE

Obrigações Legais

Não é só escriturar e gerar livros e relatórios. As igrejas, assim como qualquer outra pessoa jurídica deve atender os diversos órgãos públicos que tem o dever de fiscalização, tais como Receita Federal e prefeituras, os quais possuem legislações e resoluções próprias que obrigam as igrejas a fornecerem informações por meio da entrega de obrigações acessórias como:

• Giss-online (Tomador)

• E-Social

• SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social)

• DIRF (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte)

• DCTF (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais)

• RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)

• ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

• ECD (Escrituração Contábil Digital)

A CONTABILIDADE

TAMBÉM AUXILIA NA

Em conjunto com a tesouraria ela auxilia no diagnóstico e saúde financeira da entidade, fornecendo parâmetros para investimentos e melhor aplicação dos recursos.

 

Os relatórios e peças contábeis fornecem informações importantes, tais como:

Demonstrativos de entrada dos recursos: auxilia o presidente e tesoureiro na informação sobre a evolução das entradas de dízimos, ofertas e outros recursos;

Demonstrativo de despesas: mostra onde os recursos estão sendo investidos;

Estabelece as métricas: possibilitando uma visão geral da saúde financeira da entidade.

GESTÃO FINANCEIRA

PRESTAÇÃO DE CONTAS À

ASSEMBLÉIA E

CONSELHO FISCAL

A contabilidade também é responsável em fornecer as informações para apresentação aos membros e conselhos de fiscalização das entidades.

Alguns estatutos prevê a existência de um Conselho Fiscal, que tem como objetivo periodicamente revisar as contas da tesouraria, auxiliando na gestão dos recursos financeiros, como também acompanhando as contas, sendo os olhos da membresia e do próprio pastor.  

O Conselho Fiscal deve ter como parâmetro de suas atribuições os demonstrativos elaborados pela contabilidade.           

E também, o Conselho por sua vez, pode emitir um parecer para ser apresentado aos membros da igreja em Assembléia convocada para este fim.

A BENÇÃO DO SENHOR É

AQUELA QUE ENRIQUECE E

NÃO ACRESCETA DORES

Em 2020 completo 24 anos de contabilista e por mais de 20 anos temos auxiliado as Igrejas.

 

Me lembro como se fosse hoje em 2001 quando a nossa Pastora Iolanda comunicando a igreja que necessitava a partir daquele momento de um profissional em contabilidade. Naquele tempo não havia muitos profissionais habilitados a contabilizar o terceiro setor, até porque estas entidades não se preocupavam muito com o assunto. Mas, naquele dia me senti convocado a ser habilitado e uma ajudador neste processo. A partir daí minha vida se voltou a qjudar pastores da administração contábil e jurídica das igrejas e hoje já prestamos serviços a todo o Brasil.

 

Umas das coisas que tenho visto acontecer nas igrejas que se legalizam e passam a cumprir a lei dos homens, por meio da profissionalização da contabilidade, é que todas tem PROSPERADO. É incrível ver igrejas sem muitos recursos cumprirem com estas obrigações e a partir daí crescerem de forma extraordinária.

 

É certo que qualquer um, pessoa física ou pessoa jurídica, que não está cumprindo as leis dos homens, seja as previstas na legislação vigente do país ou as legislações internas (Estatutos e Regimentos Interno), espiritualmente acaba abrindo brechas, possibilitando que o inimigo tenha legalidade para agir.

 

As questões financeiras são aquelas que colocam muitas pessoas em perigo. Assim, não adianta a igreja andar corretamente em tudo, mas falhar na ausência de legalização de suas obrigações administrativas e contábeis. Jesus deixou bem claro: “dê a César o que é de César”, fazendo uma referência direta a necessidade de cumprir as leis humanas. Por outro lado, devemos dar exemplo cumprindo aquilo que a lei estabelece como sendo obrigatório.

20190801101924_IMG_0454.JPG

COMO MELHOR OPÇÃO PARA SUA IGREJA

ESCRITÓRIO DE SOLUÇÕES DR. ANDERSON CHRISTOFOLETTI

Uma igreja pode ter assessoria contábil, jurídica e administrativa de duas maneiras:

• A primeira é contratar funcionários para trabalhar internamente, o que demandaria um investimento financeiro alto, lembrando que as Igrejas tem a maior tributação de encargos trabalhistas, comparando com as maiores empresas. Não importa o tamanho da igreja, sua despesa na contratação alcança quase 50% das despesas em folha de pagamento, o que pode tornar a segunda opção mais vantajosa.

• A contratação de uma assessoria terceirizada. Entre este tipo de contratação está o Escritório de Soluções Dr. Anderson A. Christofoletti que é muito mais que um escritório contábil.

 

O Escritório de Soluções Dr. Anderson A. Christofoletti desenvolveu o programa de ajuda aos clientes que oferece algumas frentes de trabalho gratuitas a estes sem que paguem nada a mais pelos serviços.

1) ASSESSORIA CONTÁBIL PERSONALIZADA E ESPECIALIZADA COM HONORÁRIOS JUSTOS E FLEXÍVEIS, COM APLICATIVO DE CELULAR QUE DISPONIBILIZA SUA CONTABILIDADE EM QUALQUER LUGAR. HOJE TEMOS CLIENTES EM TODO O BRASIL POSSIBILITADA POR MEIO DESTA FERRAMENTA TECNOLÓGICA;

2) CONSULTORIA TRIBUTÁRIA, TRABALHISTA, CÍVEL  E EMPRESARIAL GRATUITA FEITA POR VÍDEO CHAMADA;

3) TREINAMENTO PARA LÍDERES, PASTORES E MEMBROS DA IGREJA EM MINISTÉRIO, INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, GESTÃO DE VIDA, MINISTÉRIO E NEGÓCIOS, ALTA PERFORMANCE E MUITO MAIS DE FORMA GRATUITA AOS CLIENTES PELO PORTAL  (www.p7g.com.br) DO INSTITUTO POR TODA VIDA TREINAMENTO E COACHING;

4) CAPELANIA EMPRESARIAL E FORMAÇÃO DE REDES DE EMPRESÁRIOS CRISTÃOS;

5) DISPONIBILIZAÇÃO DE MATERIAIS, E-BOOKS, VÍDEOS E FERRAMENTAS GRATUITAS.

 

Com 24 anos de experiência somos parceiros de MINISTÉRIOS e NEGÓCIOS, contamos com uma equipe de profissionais competente e altamente especializada nas áreas de atuação.

 

FORMALIZAÇÃO DO ESTATUTO
Nossos estatutos são elaborados com toda atenção as questões jurídicas e fundamentadas nas orientações bíblicas, garantindo assim, que a entidade esteja protegida nas questões legais. É elaborado e assinado pelo Advogado e Contabilista Dr. Anderson A. Christofoletti, com 24 anos de experiência em assessoria as Igrejas e entidades do terceiro setor. Fazemos todas as peças necessárias para registro, bem como seu registro nos órgãos oficiais, assim como as Inscrições no CNPJ e Inscrição Municipal.

CONTABILIDADE
Para nós a contabilidade da Igreja é levada a sério. Entendemos a necessidade de transparência e peças contábeis que determinem a saúde financeira e a correta prestação de contas junto aos órgãos fiscalizadores como a Receita Federal. Contamos com equipe técnica e especializada e um sistema contábil de última geração, permitindo o acesso as informações via aplicativo ou site exclusivo do cliente. Por este sistema o presidente ou tesoureiro tem acesso a contabilidade na palma de suas mãos, 24 horas por dia, 365 dias do ano.

BENEFÍCIOS ADICIONAIS
Contamos com consultoria jurídica gratuita para as questões da entidade (por vídeo chamadas) e valores tabelados (OAB) para assessoria em processos. Disponibilizamos ainda Treinamentos Gratuitos de Liderança, Gestão e Desenvolvimento Pessoal pelo portal www.p7g.com.br em parceria com o Instituto Por toda Vida.

bible-839093_1920.jpg

QUAL O PRIMEIRO PASSO

PARA  FORMALIZAR

UMA IGREJA?

Para que uma igreja possa funcionar de forma correta e legalizada, deve-se seguir os seguintes procedimentos:

• Elaborar um Estatuto Social que deverá ser assinado por um Advogado;

•  Eleger uma diretoria;

• Registrar o Estatuto Social e Ata de Fundação em Cartório Civil de Pessoas Jurídicas;

• Obter junto a Receita Federal o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica);

• Requerer a Inscrição na Prefeitura de sua localidade;

• Obter Alvará de funcionamento e do Bombeiro.

 

O processo de abertura de uma igreja é bastante complexo e dura tempo médio de 30 dias, dependendo de uma série de fatores que interferem, como processo de assinaturas, tempo em registro no cartório e expedição de alvarás.

A DIRETORIA DEVE SER

MUITO BEM ESCOLHIDA!

Nossa experiência neste segmento permite aconselhar que a diretoria de uma Igreja seja composta pelos seguintes cargos:

• Presidente

• Vice-presidente

• Secretário

• Tesoureiro

• Diretor de Patrimônio

 

Podem existir outras funções e suplentes, como Diretores específicos, segundo-secretário e segundo-tesoureiro, entre outros, mas, aconselhamos que uma diretoria seja composta pelo menor número possível de membros, já que todos são voluntários e ocorre uma migração muito grande entre os mesmos, o que pode ensejar em constantes alterações e com isso gastos financeiros.

QUE DOCUMENTOS SÃO NECESSÁRIOS PARA LEGALIZAR UMA IGREJA?

Os documentos necessários para a LEGALIZAÇÃO ou FORMALIZAÇÃO de uma igreja são os seguintes:

 

Presidente: Cópias Autenticadas de RG/CPF/Comprovante de Endereço Residencial e dados como Estado Civil, Escolaridade e Nacionalidade.

Demais membros da diretoria: Cópias Simples de RG/CPF/Comprovante de Endereço Residencial e dados como Estado Civil, Escolaridade e Nacionalidade.

 

Cópia do IPTU do Imóvel onde será a sede da Instituição.

 

A documentação apresentada acima será utilizada para a elaboração do Estatuto Social e da Ata de Fundação.

QUAL NOME POSSO ESCOLHER PARA UMA IGREJA?

Para formalizar um igreja esta deverá ter um nome. Existem dois “tipos” de nomes que serão usados:

• Nome fantasia: Este será o nome "principal", que será colocado nas placas, nos banners, enfim, o nome que dará identidade a Igreja;

• Nome razão: Este é um nome “técnico”, será utilizado como denominação oficial.

 

(Vale salientar que existem nomes que já estão registrados, patenteados e não podem ser utilizados. Uma boa dica é consultar a existência do nome e sua patente)

 

• Slogan: Não é obrigatório, mas seria interessante ter-se um slogan, já neste momento inclusive, pois assim pode fazer constar no estatuto

NOSSOS PARCEIROS

1564770123386.png

CLIQUE ABAIXO E CONHEÇA

Escritório_Logo_1.png
PNG3.png
PNG1.png
scales-147219_1280.png

ADVOCACIA

Dr. Anderson A. Christofoletti

POR TODA VIDA TREINAMENTO E COACHING LTDA
Sede: Avenida 12, 2236, Sala 05, Jd. São Paulo - Rio Claro/SP
Celular: 19 97111-1345 | contato@portodavida.com
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube